MEI: Prefeitura promove semana de orientação para emissão da DASN

Por Millena Sartori
 
A Sala do Empreendedor também divulgou o balanço prévio de atendimentos desse ano; quase 1.800 MEIs já foram formalizados em 2018
 
A Prefeitura Municipal, através da Sala do Empreendedor, realizará a partir de segunda-feira (17) a Semana de Orientação Pré-DASN, que visa explicar aos microempreendedores individuais os aspectos relativos à emissão da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), relatório de faturamento bruto da modalidade. A ação vai até a sexta-feira (21) e não afetará o atendimento normal do órgão da Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional.

Segundo a coordenadora do setor, Tônia Mansani, a intenção é adiantar as orientações para não concentrar o movimento no próximo mês. “A transmissão da DASN ocorre a partir de 2 de janeiro, e o nosso objetivo é ensinar os MEIs a usar a nossa Sala Digital porque em janeiro recebemos muita procura e esse é um serviço que ele pode fazer sozinho, em casa”, explica Tônia, ressaltando o princípio de auto-gestão do MEI.

Serão realizadas orientações referentes ao preenchimento do relatório de faturamento bruto, à transmissão da DASN via digital, regularização da declaração mensal de serviço e orientações sobre o aumento do porte empresarial. A Sala do Empreendedor atende das 12 às 17 horas no piso térreo do Paço Municipal. Para mais informações o telefone para contato é 3220-1000, ramal 1470 e os serviços estão disponíveis também no site http://saladoempreendedor.pontagrossa.pr.gov.br.
 
Balanço parcial

A Sala do Empreendedor também já divulgou o seu balanço parcial de atendimento referente a 2018. Enquanto no ano passado inteiro foram registrados 1.428 MEIs, até agora, neste ano, quase 1.800 empresários formalizaram seus negócios através do órgão municipal. Em relação aos atendimentos da Sala, de 44,5 mil em 2017 o total subiu para 52,5 mil neste ano – mesmo com o lançamento da Sala Digital.

O crédito exclusivo para MEIs liberado pela Fomento Paraná através de atendimento na Prefeitura também teve alta no índice: de R$ 792.362 viabilizados para 82 operações no ano passado, neste já foram R$ 1.139.581 para nove operações a mais – montante 46% maior injetado na economia ponta-grossense.

Em relação às DASN, a alta de emissões de um ano ao outro foi de 61,8%, fechando em 5.257 documentos emitidos com o auxílio da Sala do Empreendedor até agora. Outro número que registrou um grande aumento foi o total de empresários capacitados através de parceria entre Município, Sebrae, UEPG e ACIPG: o total quase dobrou, de 1.600 em 2017 para 3.000 em 2018, além de 50 MEIs certificados pela aceleradora de negócios Voe.