Cresce 208% o número de passageiros do Aeroporto Sant’ana

Por Gustavo Ban
 
Os dados são resultados de mais de 29 mil pousos e decolagens realizados no período de dois anos
 
 
A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, divulgou nesta quinta-feira (10) o balanço da movimentação no Aeroporto Municipal Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido como Aeroporto Sant’Ana (PGZ) no ano de 2018. Desde que voltou a realizar voos comerciais em 2016, a movimentação de aeronaves aumentou 181% e o número de passageiros cresceu 208%.

No último ano, foram realizadas 7.700 decolagens e 7.727 pousos, movimentando 42.193 passageiros. Em 2016, foram 5.475 pousos e decolagens e 13.666 passageiros, e em 2017, 8.377 entradas e saídas de aeronaves, resultando na circulação de 29.508 pessoas. Os números consideram todos os voos operados no Aeroporto Sant’Ana, que incluem o aeroclube, executivos, comerciais (através da Azul Linhas Aéreas) e serviços aeromédico.

De acordo com o superintendente do PGZ, Victor Hugo de Oliveira, os dados demonstram que o Aeroporto Sant’Ana caminha na direção correta e apontam para um crescimento ainda maior. “O comparativo entre 2016 e 2018 revela que a população comprou a ideia. Estamos instalados em um local privilegiado, com posto de combustível próprio e atuando na melhoria do aeroporto, como a realização de trabalhos para operar com instrumentos, que diminuirá a alternância, a instalação do PAPI e a previsão da realização de dois voos diários pela Azul. Com essas melhoras, os números tendem a crescer ainda mais, demonstrando que o nosso aeroporto é um dos que mais crescem no Paraná”, afirma Victor Hugo.

Na quarta-feira (9), o prefeito Marcelo Rangel protocolou em Curitiba a documentação para liberação da instalação do PAPI (do inglês, Indicador de Precisão da Trajetória de Aproximação), equipamento de auxílio visual que fornece informações de orientação para proporcionar mais segurança aos pousos. Na ocasião, o prefeito municipal aproveitou para tratar de ajustes da instalação do IFR ou Regras de Voo por Instrumentos (do inglês Instrument Flight Rules), que será protocolado na próxima segunda-feira (14).