Projeto Ambulante Legal cadastra 519 comerciantes

Por Millena Sartori
 
Prazo finalizou ontem; Prefeitura dá prosseguimento ao programa
 
A Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP) finalizou ontem (28) o cadastro de vendedores que deve basear o projeto Ambulante Legal, totalizando 519 comerciantes. O prazo foi aberto por todo o mês de fevereiro e estendido a todas as pessoas que praticam esta atividade em Ponta Grossa.

O número total superou a expectativa, que era de duzentos a trezentos trabalhadores. O coordenador de administração da SMICQP, Nilton Bahls, explica quais são os próximos passos do projeto. “Agora faremos a verificação dos cadastrados, com análise das suas atividades, e na sequência montaremos o mapeamento deste setor para iniciar as ações do programa”, aponta o coordenador.

Serão produzidos kits de identificação, compostos por crachá, boné e camiseta ou colete – sendo o primeiro voltado àqueles que não manuseiam alimentos. “Já neste semestre iniciaremos também a qualificação dos ambulantes. O primeiro curso deve ser voltado à orientação geral, tendo a participação de setores como a Sala do Empreendedor e a Vigilância Sanitária, entre outros”, conta Bahls.