ASSISTÊNCIA: População recebe nova estrutura para atendimento social

por Rafisa Ramos
 
- Revitalização do Cras Vila Isabel foi entregue e conta com 5289 famílias cadastradas -
 
Na manhã desta terça-feira (16), a Prefeitura de Ponta Grossa, através da Fundação Municipal de Assistência Social (Faspg), entregou mais um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) totalmente revitalizado, desta vez foi o Cras Vila Isabel. Agora a comunidade, que é referenciada neste serviço, passou a ter um espaço totalmente renovado, além de um lugar esteticamente moderno, também conta com estrutura de acessibilidade.
Atualmente o Cras Vila Isabel tem 5.289 famílias cadastradas. São atendidos no local 24 regiões da cidade, são elas: Beco da Filó, Boa Vista, Califórnia I e II, Campo do Fubá, Condomínio Moradas, Conjunto Eldorado, Cruzeiro do Sul, Esplanada, Flávio Guimarães, Jardim Atlanta, Jardim Eldorado, Jardim Jacarandá, Jardim Palmeiras, Leila Maria, Los Angeles I e II, Madureira, Monte Carlo, Palmeirinha, Portal Boa Vista, Parque Nossa Senhora das Graças, Residencial Jardim aas Hortências, Terra Nova, Vila Isabel e Vila Margarida.
“Este é o segundo Cras que estamos entregando para os ponta-grossenses, é praticamente um novo espaço. Melhorar a estrutura física reflete diretamente no atendimento da população. Estamos trabalhando para desburocratizar as tratativas e melhorar os nossos serviços como um todo. Investindo em espaços, recursos humanos e equipamentos”, destaca a presidente da Faspg, Simone Kaminski.
Nos reparos realizados no local foram investidos R$ 183.171,68 mil. Houve troca do piso e do forro, troca da iluminação do local e revisão total da parte elétrica e hidráulica, pintura externa e interna, banheiro com acessibilidade, rampas de acesso, troca da placa de identificação do Cras, revitalização da parte externa, troca das janelas, colocação de grades nas janelas e portas, substituição das cercas externas por muro palito. Além disso, também foram adquiridos móveis (mesas para reuniões, mesas para escritório, cadeiras, armários, estantes, arquivos, entre outros), eletrodomésticos e eletrônicos (computadores, datashow/multimídia, tela de projeção, geladeira, purificador de água, cafeteira, ventiladores, lavadora de alta pressão, pipoqueira, smart TV 32”, entre outros), revitalização das salas de atendimento técnico e da coordenação.
Os trabalhos realizados nos Cras são diretamente para as famílias em vulnerabilidade social. São feitos desde cadastro no CadÚnico, PAIF (Serviço de Proteção Integral à Família), atendimentos, acompanhamentos e orientações sobre programas, serviços e benefícios da assistência social. “Além disso, outros encaminhamentos para a rede sócio assistencial e rede setorial, Serviço de Proteção Social Básica em domicílio, entre outros serviços”, afirma a diretora do departamento de Proteção Social Básica, Tatyane Belo.
Outros três Cras estão em processo de revitalização, Sabará, Santa Luzia e Jardim Paraíso, existe a previsão de entrega de mais um em aproximadamente um mês. “Ao todo está sendo investido cerca de R$ 600 mil reais nas revitalizações. Isso é compromisso com os que mais precisam dos serviços. Nossa ideia é levar este trabalho para os demais Cras da cidade, tornando o serviço cada dia melhor e mais acessível. Agradeço a todos os servidores da Faspg, pelo empenho e dedicação aos que mais precisam”, diz Marcelo Rangel.