Prefeitura anuncia ampliação no horário das Unidades Sentinelas

2 semanas atrás em 29 de abril de 2024 às 17:28, possui 97 visualizações até o momento


O Município anunciou também, em parceria com o Governo do Estado, a abertura de 14 novos leitos para atendimento a pacientes com dengue no Hospital Universitário.

A prefeita Elizabeth Schmidt anunciou nesta sexta-feira (19) a ampliação no horário de atendimento das Unidades Sentinelas até às 19 horas (fecham as portas e continua o atendimento até às 22 horas). Além dos novos horários, que entram em vigor nesta quinta-feira (02), as unidades da Nova Rússia, Uvaranas e Oficinas passarão a atender também aos sábados das 8 às 14 horas. A alteração inicia nas três unidades a partir do dia 11 de maio, mas já neste sábado (4), a unidade Conrado Mansani, em Uvaranas, estará atendendo como projeto piloto.

Desde que começaram a funcionar, as unidades sentinelas (Uvaranas, Nova Rússia e Oficinas), já realizaram mais de 3,6 mil atendimentos no total e quase 2 mil coletas para hemograma. Ao todo 121 pacientes foram encaminhados  para atendimento nas UPAs.

De acordo com a prefeita Elizabeth Schmidt, a iniciativa pretende aumentar o atendimento aos casos de dengue, que tem registrado um grande aumento nas últimas semanas em Ponta Grossa. “Queremos o suporte adequado para os pacientes que estão adoecendo por causa da dengue. Para isso, estamos estendendo o horário de o atendimento para conseguirmos atender mais pessoas”, afirmou a prefeita.

Elizabeth anunciou também a abertura de 14 novos leitos para atender pacientes com dengue no Hospital Universitário dos Campos Gerais. A criação dos novos leitos, que ficam em anexo ao HU, ocorre por meio de uma parceria com o Governo do Estado. Na manhã desta segunda-feira (29), os leitos já estavam abertos e recebendo pacientes com dengue.

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde, a cidade de Ponta Grossa já registrou 3.059 casos confirmados de dengue. As regiões do Contorno, com 552 casos, e Chapada, com 453, foram os bairros que mais registraram casos da doença até agora.

Até agora, o município teve quatro óbitos confirmados (três mulheres e um homem), e seis casos estão em investigação.


Galeria de fotos:


Pular para o conteúdo Secured By miniOrange