Primeira no Brasil: Prefeitura lança iniciativa inédita para reduzir filas da saúde

10 meses atrás em 25 de abril de 2023 às 16:15, possui 1815 visualizações até o momento

Plataforma ZAP PG+Saúde utilizará aplicativo de mensagens para atualizar a situação das filas de espera de exames, consultas e cirurgias

A Prefeitura de Ponta Grossa inicia, nesta quinta-feira (27), as atividades do projeto ZAP PG+Saúde, inovação que vai permitir o melhor controle e aproveitamento das vagas para consultas, exames e cirurgias que exigem especialidades médicas.

A plataforma utilizará um aplicativo de mensagens para atualizar a situação de 45 mil registros que integram as filas de espera de exames, consultas e cirurgias que foram afetadas e represadas pela pandemia. 

Inédita no país, a iniciativa visa implementar a busca ativa de quem demanda serviços de especialidades médicas, otimizando os processos e agilizando os encaminhamentos. 

“A implementação desta plataforma é mais um grande passo que damos em direção a um sistema de saúde municipal cada dia mais moderno e eficiente para todos. Ponta Grossa sai mais uma vez na frente, inovando e buscando agilizar os processos que envolvem serviços destinados à população e seguiremos em frente, com mais investimentos e novidades, pois saúde é prioridade!”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt. 

De acordo com a presidente da Fundação Municipal de Saúde, Juliane Dorosxi, os contatos serão realizados utilizando os números de telefone dos pacientes que constam no cadastro do SUS. 

“Nesta primeira etapa, os contatos pela plataforma serão feitos pelo whatsapp (42) 99118-3980 e destinados apenas para que a pessoa confirme se ainda necessita do serviço ou não e se tem a intenção de seguir na fila de espera, não podendo interagir com o sistema de outra forma. Conforme avancemos nos procedimentos, iremos ampliar as possibilidades de interação com foco na digitalização dos processos que incluem a atualização dos cadastros e outras ações”, explica.

Durante o procedimento, o usuário receberá mensagens informando o nome do paciente, data e unidade de saúde onde foi realizada a solicitação, podendo informar se há interesse ou não de continuar na fila ou se os dados mencionados não coincidem. O serviço será feito, inicialmente, de segunda à sexta-feira em horário comercial.

“A expectativa é de que em até 60 dias seja feita a consulta aos pacientes e atualização total da base de dados, o que fornecerá para o Município uma dimensão mais precisa das filas e possamos agilizar os encaminhamentos. Por isso, é essencial que as pessoas que constam na fila e que, porventura estejam com os dados desatualizados, compareçam na unidade de saúde de referência e façam a atualização dos mesmos”, completa Juliane. 

O ZAP PG+Saúde integra o Vale dos Trilhos – eixo de simplificação e desburocratização – do Município. “Uma cidade inteligente tem o cidadão como centro de seus processos e a disponibilização da jornada autônoma do cidadão. A disponibilização de soluções  tecnologias como essa, são o meio para que isso se concretize”, declara a presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento de Ponta Grossa, Tônia Mansani. 


Galeria de fotos:


Pular para o conteúdo Secured By miniOrange