Prefeitura avança o treinamento dos 100 novos guardas municipais

1 mês atrás em 22 de abril de 2024 às 18:00, possui 138 visualizações até o momento


Curso de formação que encerra em junho entra na fase de uso de armamentos.

A Guarda Municipal, da Prefeitura de Ponta Grossa, iniciou as aulas práticas de tiro, no estande virtual, para os 100 recém-contratados agentes da corporação, que estão na fase de formação de guardas municipais. O curso que teve início no dia 1º de março conta com uma carga horária de 650 horas de disciplinas teóricas e práticas, as quais darão condições dos alunos, após a conclusão do treinamento, atuarem tanto internamente quanto nas ruas da cidade na segurança pública.

A prefeita Elizabeth Schmidt explica que o curso é baseado na grade curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que padroniza em nível nacional a Formação de Guardas Civis Municipais, sendo que, para reconhecimento da formação e convênio com a Polícia Federal para porte de arma e repasse de recursos federais, é de obrigação dos municípios formar os agentes por meio de centros de formação próprios.

“O curso é etapa fundamental para a inserção dos novos guardas na corporação, pois estes profissionais vão representar a Prefeitura na segurança pública. Temos uma formação de excelência. Em breve teremos 100 novos guardas municipais devidamente preparados para fazer o melhor por Ponta Grossa. Teremos uma cidade ainda mais segura e com mais agentes a serviço da população. O aumento do efetivo é apenas um dos diversos investimentos feitos no setor, como também na questão de equipamentos e viaturas”, enfatizou Elizabeth.

De acordo com a secretária municipal da Cidadania e Segurança Pública, Tânia Sviercoski, o objetivo desta fase do treinamento é a utilização da tecnologia de simulação para os alunos da Guarda Municipal. Ela conta que, por se tratar de um estande virtual, o objetivo é diminuir custos como deslocamento de equipe, alimentação, aluguel de stand e horas extras, permitindo a repetição para aprimoramento do conhecimento com baixo custo.

“O treinamento conta com um conteúdo expressivo de legislação, visando à preparação na atuação junto à população, como também no condicionamento físico, primeiros socorros, defesa pessoal e na utilização de armamentos. Visa à tomada de decisão do aluno armado, poucos segundos após o início de uma situação crítica, bem como avaliar em condições de afrontamento a necessidade, oportunidade, proporcionalidade e qualidade de disparos”, explicou Tânia.



O comandante da Guarda Municipal, Alessandro Macedo, destaca que o treinamento dos alunos no stand virtual objetiva capacitar tecnicamente a percepção do guarda municipal no momento em que ele participa de um confronto. “Os sentidos e percepções do ser humano tendem a obedecer o instinto de preservação da vida. É tão intenso que, normalmente, antecedem o raciocínio, e a capacidade de tomada de decisão fica drasticamente reduzida”, disse Macedo.



O curso de formação da Guarda Municipal

Até o momento já foram ministradas cerca de 270 horas de curso, sendo abordados conhecimentos como elementos de Direito Penal, Direito Processual Penal, Administrativo e Constitucional, Ética, Direitos Humanos, Cidadania e Movimentos Sociais, Políticas de Segurança Pública, Noções Básicas de Primeiros Socorros, Ordem Unida, Disciplina e Hierarquia e Segurança Patrimonial.

“Entramos agora na fase das disciplinas práticas, como o patrulhamento com viaturas, a abordagem, a busca pessoal e a veículos, o uso do bastão tonfa, o uso legal e progressivo da força, armamento e tiro (revólver e pistola), defesa pessoal, direção defensiva, rádio comunicação, vídeo monitoramento, Defesa Civil, entre outras práticas”, finaliza a secretária Tânia Sviercoski.


Galeria de fotos:


Pular para o conteúdo Secured By miniOrange